top of page

Lei do Equilíbrio: A troca entre dar e receber


"Agradecer me torna grande, pois quando agradeço tomo algo de outros como um presente. Isso me enriquece, porque o recebo. Ao mesmo tempo, o que recebo agradecido não pode ser perdido por mim. O agradecimento me permite conservá-lo e aumentá-lo. Ele atua como o sol e a chuva morna atuam sobre uma planta jovem. Ela floresce."

Bert Hellinger

O Psicoterapeuta Alemão Bert Hellinger tem estudado e observado diversos sistemas nas últimas quatro décadas, sejam eles familiares ou organizacionais, e uma de suas descobertas foi que não importa a localização, todos são regidos por três leis naturais: Lei da Ordem, Lei do Pertencimento e Lei do Equilibrio.


Neste breve resumo, nosso foco será a Lei do Equilibrio - Entre dar e receber:


Quando estamos em uma relação, seja ela pessoal ou profissional, sempre existe uma troca, o que o Bert Hellinger percebeu é que esta troca é regida por uma lei natural que vai em busca do equilibrio entre este "dar e receber".


Vamos exemplificar usando alguns contextos:


Contexto Pessoal - Um casal

Existe uma troca constante num relacionamento de casal, cada um se dedicando dentro desta relação, entretanto, existem alguns momentos nos quais este equilibrio fica comprometido quando um dá mais na relação do que o outro e isso pode ocasionar grandes brigas ou até mesmo o rompimento deste vinculo. Isso ocorre porque aquele que se doa menos, porque não quer ou não pode se doar tanto, sente culpa, e busca uma forma de não senti-la mais, buscando o fim da relação. Assim como o que se doa mais, em algum momento vai “cobrar” pela dedicação empregada, ou nutrir um sentimento de incompletude dentro da relação.


Contexto Profissional - Um emprego

Da mesma forma dentro de uma organização a forma mais concreta do equilibrio é a troca do trabalho pela remuneração, quando uma das partes percebe um desequilibrio entre o dar e o receber, os conflitos surgem, exigencias surgem também podem ocorrer o rompimento deste vinculo no caso de um desligamento ou de um pedido de demissão por parte do colaborador.


Um outro contexto muito comum é a relação cliente x fornecedor, Já tive alguns clientes e colegas que relataram ter dificuldades em cobrar seus clientes (ou seja, em receber pelo serviço que foi dado), também já acompanhei casos de pessoas que tinham dificuldade em receber elogios ou em receber presentes e agrados, todas estas situações estão intimamente conectadas com a nossa relação de equilibrio e de sentimento de merecimento.


Assim, nosso convite é para que possamos refletir sobre as nossas relações e o equilibro entre as trocas que estabelecemos, sejam elas positivas ou negativas, ou seja, agradecimentos ou vinganças.

328 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page